O ROUBO BENÉFICO E A PEDALADA VIRTUOSA.


Dilma-Robin-Hood

 Parece que há uma insanidade coletiva nos componentes da esquerda do nosso país. Não chamo isso de alienação, pois seria até um eufemismo conceituar o que acontece no meio dessa gente com tal abrandamento.

   Vejam vocês, que o discurso empregado por eles para justificarem seus atos, mas parece com os sermões dos traficantes cariocas, do tipo; “Nós traficamos, mas, ajudamos a comunidade, dentro da favela ninguém rouba, e ainda ajudamos no movimento do comércio”. Quem discorda, claro, vai para o microondas.

   Nos lembra o filme épico de Robin Hood, onde o personagem roubava para dividir com o povo.

   Tal como acontece nas favelas, quando a polícia vai atuar, os moradores se revoltam, vão para as ruas, não querem deixar os policiais fazerem o seu serviço, afinal, apesar do tráfico, há uma aparente tranquilidade no local.

   Mas, os que se colocam como escudo e trincheira de traficantes, são geralmente aqueles cujo, filho, sobrinho, irmão, mãe, pai, e até amigos estão diretamente ligados ao esquema, ou, os que são beneficiados de forma direta ou indireta pelo crime.

   Usando essa prédica como pano de fundo, digo, que os petistas são filósofos da mesma tese, compartilham do mesmo pensamento, chegam até a afirmarem como embasamento para sua defesa, que outros fizeram o mesmo e não foram responsabilizados, é como se os traficantes dissessem ao atual governador do Rio de Janeiro; “Brizola e Benedita não deixavam a polícia vir aqui nos importunar, por que você permite?”

   Outra estratégia dos petistas, ao menos da Dilma, é acusar a outra parte, apontando seus erros, como se um crime justificasse outro, volto ao tráfico para exemplificar, imaginem o chefe do tráfico dizendo ao juiz; “Eu trafico, mais não roubo, tem gente roubando, fazendo pior”.

   Alguns justificam a permanência da Dilma, dizendo; “Se ela sair, vai entrar outro igual”. Ou ainda; “O país poderá sofrer mais ainda com a instabilidade no recomeço de outro governo”.

   Bem, eu penso o contrário, para mim, Dilma é o empecilho para a volta do crescimento da economia, basta ver como a bolsa de valores sobe, quando há risco da saída da presidenta. Quanto a outro assumir e também ser um criminoso, meus amigos, já dizia o jornalista Datena; “Pau que dá em Chico, também dá em Francisco”.

   Para quem ainda não entendeu, o Brasil está no gerúndio de mudanças. Não podemos ser reféns desse governo. Não podemos ser coniventes com ele em suas roubalheiras, é hora de dar uma basta na corrupção não importando as cenas do passado.

   Queremos um Brasil melhor, mais digno, honesto, com políticas públicas empregadas por gestores compromissados com a nação. Entendam, estamos reescrevendo a história desse país. Queremos reformas na Política, na Segurança e no Judiciário.

   Por fim, não queremos Dilma Hood, abominamos os discursos simplistas e negativistas dos que estão viciados com o mal. Queremos a volta do ensino cívico nas escolas, a valorização da família, a manutenção dos valores, o renascimento patriótico dessa nação e ressuscitar novamente o orgulho de ser brasileiro.

Robson Aguiar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s