FATALISMO CRISTÃO


FATALISMO

O termo “fatalismo” vem do latim “fatum” (destino) e significa a crença ou aceitação de um poder ou lei superior a que ninguém pode fugir.
A “moira” (entre os antigos gregos) e o “fatum” (entre os romanos) ou fado ou destino surgia como ameaça implacável e determinava a falta cometida por alguém e o caminho da sua punição.
Nascido da Noite e do Caos, o “Fatum” estava acima das divindades, submetendo-as ao seu poder. Cego e inexorável, dominava os céus, a terra, o mar e os infernos. É assim que aparece na filosofia estoica, na antiga Grécia, acima de todos os deuses e de todos os homens.
A sabedoria epicurista, como se observa em Ricardo Reis, heterónimo de Fernando Pessoa, consiste neste fatalismo, ou melhor, neste aceitar o destino inelutável, desfrutando os prazeres e sofrendo a inevitável dor, pois nada é duradouro. Apesar de todo o sentido trágico do fatum, cabe ao homem viver a vida com a lucidez dos “grandes indiferentes”.

http://www.infopedia.pt/$fatalismo

Outro dia eu li um texto de um famoso pastor onde o mesmo deixava transparecer em suas entrelinhas que político nenhum poderia evitar a perseguicão da igreja, e que o pastor fulano, que é deputado não lhe reprentava, pois sua teologia é diferente da professada por ele.

Não acredito que os anjos virão aqui para resolver problemas que estão ao nosso alcance. Também não acredito que estamos fadados ao sofrimento e a morte. Por isso creio que Deus trabalha por meio dos homens para beneficio dos homens. Isso implica dizer que a igreja é protegida por Deus se utilizando dos próprios crentes. No caso das leis podemos sim, ser beneficiados ou não dependendo do que for aprovado nas casas legislativas. Para isso, é preciso termos representatividades em todas as esferas políticas. Não creio que temos que ser perseguidos e que leis contrárias a nossa comunidade serão aprovadas de qualquer jeito. Acho que podemos impedir sim, ou no mínimo retardá-la. Os sinais podem acontecer aqui, mas, também podem acontecer em outros países, por isso prego a permanência dos políticos cristãos que já estão lá e a entrada de outros que queiram da política participar. Não sou fatalista.

Pr. Robson Aguiar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s