Bispo anglicano D. Robinson Cavalcanti e esposa são mortos por filho adotivo


A tragédia ocorreu nessa última madrugada e os dados ainda são um pouco desencontrados, mas tudo indica que D. Robinson Cavalcanti e sua esposa tenham sido mortos pelo filho adotivo, que seria viciado em drogas. D. Robinson, bispo anglicano da Diocese do Recife, sempre teve uma forte atuação social e política, além de ter sido autor de vários livros como “Cristianismo e Política” e “Uma Bênção Chamada Sexo”. Lamentamos profundamente a notícia que vem do Diário de Pernambuco:
 
O pastor da Igreja Anglicana, cientista político e ex-reitor da Universidade Federal Rual de Pernambuco (UFRPE), Edward Robinson Cavalcante, de 64 anos, e a esposa dele, a professora aposentada Mirian Nunes Machado Cotias Cavalcante, também de 64 anos foram assassinados na casa da família, na Rua Barão de São Borja, número 305, em Jardim Fragoso, Olinda.
 
De acordo com a policia, o autor do crime é o filho adotivo do casal Eduardo Olímpio Cotias Cavalcante, de 29 anos. O rapaz morava nos Estados Unidos desde os 16 anos de idade e teria voltado ao Btasil há cerca de 15 dias depois de ter sido preso no país estrangeiro várias vezes por envolvimento com drogas e outros delitos.
 
Segundo o reverendo Hermany Soares, amigo da família, quando Eduardo chegou ao Brasil, ele foi buscá-lo no aeroporto e ainda no desembarque teria perguntado onde compraria uma arma.
 
 
Ontem pela manhã, o rapaz saiu de casa, foi beber na praia e voltou à tarde. À noite ele foi visto amolando uma faca na frente do portão de casa. Por volta das 22 horas da noite, Eduardo começou a discutir com o pai, pegou a faca e começou a golpear o idoso. A mãe foi defender o marido e também foi esfaqueada.
 
O bispo Robison morreu no quarto. Já a mãe ainda foi levada para o Hospital Tricentenário, em Olinda, com uma facada no peito esquerdo, mas já chegou morta. Após o crime, Eduardo tentou cometer suicídio ingerindo uma substância não identificada e aplicando vários golpes de faca no próprio peito. Ele foi levado para o Hospital da Restauração (HR) em uma viatura da Polícia Militar. Eduardo estava passando por um processo de deportação.
 
Segundo informações de parentes, o bispo Robinson foi o coordenador regional da primeira campanha do ex-presidente Lula para presidente da República, que o teria visitado em casa depois de eleito. O bispo também foi candidato a deputado federal e proferiu palestras na ONU.
 
Com informações do repórter Edson Araújo, da TV Clube
 
Meu Comentário,
 
O Bispo Robinson, para mim, era um dos poucos teólogos residentes no Brasil. Tive o privilégio de ter tido uma aula com ele, quando ainda era aluno do Seminário. Com certeza, é uma grande perca, não só para os familiares, mas, também para todos os amigos e amantes da teologia.
 
Nossos profundos sentimentos,
 
Pr. Robson Aguiar – AD. CADEESO (Pernambuco)
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s