A Globo, e o escândalo do Big Brother Brasil


A pergunta que não quer calar é porque a direção do BBB não interferiu no pseudo estupro envolvendo o Daniel?

O que trouxe audiência para a Globo, também está lhe trazendo desgastes. Será que vale a pena a Emissora manter esse tipo de programação?

Se for provado que houve violência sexual por parte do participante do reality, vejo que a responsabilidade não recairá só sobre os seus ombros, mas, daqueles que assistiram de camarote ao vivo e não interferiram.

Na minha opinião, isso ou é conivência ou omissão.

Onde está o famoso padrão globo de produção?

Vejo, que produziram festa, bebidas e danças, uma senhora balada, cujo resultado, foi de pessoas fora de si e sem noção do que estavam fazendo.

Lembrando que na Inglaterra, o 11º Big Brother, caiu de 10 milhões de telespectadores, para apenas 2 milhões, decretando o fim do programa no País.

Deixo aqui um link interessante sobre dez escandalos do Big Brother em vários lugares do mundo; http://www1.ionline.pt/conteudo/20782-big-brother-dez-escandalos-que-ficaram-historia—video

Me chamou a atenção esse texto que retrata um episódio ocorrido no BB na Africa do Sul, acompanhe,

“Bebedeira e violação Ficou conhecido na África do Sul como “fingergate”, um escândalo sexual que envolveu uma alegada violação transmitida pela televisão. Depois de uma noite de copos, Richard Bezuidenhout, de 24 anos, levou Ofunneka Molokwu, de 29, e Tatiana Durao, de 26, para o quarto e terá se aproveitado das jovens quase inconscientes. Richard despiu-as, acariciou-as e abusou de uma delas. A transmissão ao vivo foi interrompida e foram enviados médicos para o local. Vários grupos de direitos das mulheres protestaram e tentaram cancelar o programa, mas as jovens não apresentaram queixa e Richard venceu o programa”

Notou a diferença? enquanto o programa foi interrompido lá, por aqui a coisa rolou frouxa. Então, vamos ver o que acontecerá daqui pra frente. Penso que as autoridades estarão mais atentas ao que acontece dentro da casa, e a própria direção do programa acordará para evitar que mais um escândalo seja produzido no solar dos hermanos.

Pr. Robson Aguiar

Anúncios

5 respostas em “A Globo, e o escândalo do Big Brother Brasil

  1. Pseudo-estupro? Festa com bebedeiras?

    Impressão minha ou vc está, primeiramente retirando o abuso do ato, retirando que sim, se trata de estupro. Depois, querendo botar a culpa na mulher que, “se embebedou numa festa”?

    Curtir

    • Vinicius, em nenhum momento, falei que a mulher era culpada, mas, narrei os fatos que antecedem o pseudo estupro, isto, porque para se afirmar que houve estupro se faz necesário provas, que até então não foram conclusivas. Não estou aqui para advogar ninguém, até porque não sou advogado, todavia, por trabalhar na área de segurança pública, me revisto de cuidados para não cometer erros que possam me gerar processo judicial, erros, como por exemplo afirmar que houve algo que não posso provar, isso é o papel da polícia judiciária.

      Curtir

      • O seu discurso já demonstra sua posição. Depois, se tudo for uma questão de “deixar que órgãos maiores resolvam”, nada poderá ser discutido antes da suposta objetividade da instituição estatal?

        Outra pseudo estupro significa falso estupro.

        por último: as leis/instituições não são a forma última de verdade, muito menos de justiça. A legitimidade das coisas não são exclusivamente da esfera estatal.

        Curtir

      • Caríssimo Vinicius, Realmente costumo me posicionar, não me propus a falar do aparente estupro que ocorreu no BBB, mas, sim, o escândalo que o episódio trouxe para a Globo, e também para os telespectadores, poderia ser qualquer outra coisa, mas, falo é da falta de edificação que tem esse programa, que em nada acrescenta. falo também do fato da Emissora preparar o cenário para ver de certa forma, o circo pegar fogo, e quando pega, não quer assumir sua participação.

        Curtir

      • Eu mudei o foco do seu texto só pra demonstrar o machismo implícito no discurso. Assim como a ultraresponsabilização [individualista] dos participantes e, por consequência, da pessoa estuprada.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s